História da Maquiagem – Túnel do Tempo – Parte I

Bom dia, meninas!

Estreamos hoje a nova coluna semanal de maquiagem do Doce Crise, todas as quintas uma novidade! Começaremos com um túnel do tempo contando a história da maquiagem ao longo dos anos. 🙂

Vamos lá?

 

Os primórdios…

Há cerca de 10.000 a.C, os antigos egípcios estavam em processo de desenvolvendo e descoberta dos cosméticos que serviram e ainda servem como base para a maioria dos produtos de beleza que usamos hoje.

Durante todo os períodos das dinastias os antigos egípcios, tanto homens como mulheres, aplicavam maquiagem nos olhos como um pré-requisito diário. Não serviam apenas como finalidade decorativa, mas também fins medicinais, funcionando como ótimo repelente, fungicida e como proteção contra a poeira do deserto evitando assim doenças oftalmológicas.

As cores de maquiagem dos olhos mais populares, entre os antigos egípcios, eram o verde e o preto. A cor verde era aplicada nas pálpebras inferiores, enquanto o preto ou cinza escuro sobre as pálpebras superiores e cílios.

Egípcia_TT

A maquiagem era delineada em torno da área dos olhos com uma cauda expressiva que se estendia até os cantos externos dos olhos. Esta prática foi adotada mais tarde pelas mulheres da sociedade ocidental para destacar e escurecer os cílios antes da invenção do rímel.

Cerca de 100 d.C., os romanos começaram a usar manteiga e pó de cevada para se livrar das espinhas. O povo da Índia começou a usar Henna por volta de 300 d.C., como uma maneira de tingir seu cabelo, bem como para a decoração religiosa do corpo. Na Inglaterra, na Idade Média, era comum as mulheres tingirem os seus cabelos de vermelho e usarem claras de ovo em seus rostos para destacar seus cabelos.

Durante o Renascimento, só a aristocracia fazia o uso de cosméticos. E  as mulheres europeias começaram a usar uma variedade de produtos, e o cabelo loiro se tornou mais popular depois, devido à sua aparência angelical.

Em meio a diversos acontecimentos, entre os séculos XVI e XVIII, a coloração dos lábios foi proibida pela Igreja, o Cero associou os pigmentos avermelhados aos rituais satânicos. Nesta época o batom era item relega às mulheres de classes sociais mais baixas, principalmente as prostitutas… Em decorrência disso, a maquiagem perdeu alguma popularidade e foi apenas aceitável para uso, por atores.

No Reino Unido, após a morte da Rainha Vitória entra a era Edwardian ou Eduardiana, por volta dos anos 1900, a maquiagem então reconquistou a sociedade. Como anfitriãs, as mulheres deveriam ter uma aparência jovem. Elas se voltaram para comprar cosméticos em salões de beleza, totalmente em segredo, para evitar que ninguém soubesse que elas precisavam dos produtos para parecerem mais jovens.

Gostou? Então você não pode perder os próximos posts! Iremos falar da maquiagem ao longo das décadas do século XX até chegar nos dias de hoje!!!!

DICA: Quer arrasar com um olhão igual ao da Cleópatra? Que tal experimentar o Lápis Super Preto da Contém 1g e a sombra Humid Mac, da M.A.C.lapis superpreto contem 1g

B4Q2908-maquiagem-sombra-verde-como-fazer

Beijos e até semana que vem!!!

Anúncios

Desafio um batom por dia – Semana 5

Falhei na missão, gente! Brincadeira, só o post de sexta que está saindo no domingo à noite. XD

Sexta-feira foi um dia suuuuper corrido e caótico e acabei não conseguindo parar um pouquinho para escrever as resenhas e postar pra vocês. Mas cá estamos e vamos ao que interessa:

Dia 20

Dia 20 – Sedução do Boticário
Resolvi começar a semana com um vermelho para ver se entrava no pique, porque lembro direitinho que acordei moooorta de preguiça. Parece que eu estava prevendo uma semana hardcore!
Ganhei esse batom de presente em um amigo secreto do meu grupo de jazz. Adoro a cor e textura nos lábios. A durabilidade é ok, não passou no teste do almoço e tive de retocar porque depois de comer saiu quaaase tudo.

Dia 21

Dia 21 – Fig da NYX
Adoro essa cor, mas guardo um pouco de rancor dos batons de acabamento brilho da NYX. Amo, amo, amo a marca e a variedade de cores, mas a textura e consistência dos batons brilhantes é esquisitinha (sou chata, me perdoem!), sinto sempre que estou passando algum tipo de manteiga derretida na boca, os lábios ficam escorregando e eu olho no espelhando a cada 5 minutos para ver se a cor ainda está lá. O ponto positivo é que apesar da paranoia ele até que dura bem! Depois que “seca” tudo se resolve. 🙂

Dia 22

Dia 22 – Tangerine da Payot
Quando abri esse batom essa semana, fiquei um bom tempo pensando como ele veio parar nas minhas coisas. Acho que ganhei de presente ou veio em alguma das milhões de caixinhas da GlamBox que já recebi, a verdade é que me espantei porque não lembrava da cor e fiquei apaixonada por ela! Ele estava com tanta carinha de novo que acho que na verdade eu nunca tinha usado. Apesar  da cor ser maravilhosa e o batom ter durado uma boa parte do dia, o GRANDE problema dele é: gosto de produto químico. Eca, eca, eca! Antes que alguém pense “não tava vencido?”, não, não estava. E o gosto ficou na boca uma boa meia hora o que quase me fez voltar atrás e tentar outro! Poxa, Payot, em 2015 não pode mais batom com gosto de caca, ok?

Dia 23

Dia 23 – Malva Mate da Contém 1 g
Já usei taaaaaaantas vezes esse batom! ❤
Ele é, absolutamente, um dos meus favoritos da vida! Adoro a cor, adoro que é mate, adoro que ele dura quase o dia todo e passa no teste da comida. Só amor no coração pra esse batom! Aliás, a contém 1g é uma das minhas marcas favoritas para batons mate. Nunca me arrependi!

Dia 24

Dia 24 – Vintage Intenso da Contém 1g
E pra fechar a semana bem, resolvi repetir o amor pela Contém 1g, mas dessa vez com um batom de acabamento acetinado (assim vocês não acham que eu só gosto de mate haha). O nome dessa cor foi o que me chamou a atenção na loja. Esse é um daqueles batons que a gente precisa passar algumas camadas para ver de verdade o efeito que ele dá; a primeira não cobre tudo e fica um pouco estranha, mas lá pela terceira já dá para ver todo o potencial da cor e aí é só love ❤ !

Amanhã começamos de novo! 🙂
Boa semana!

Desafio um batom por dia – Semana 4

Essa semana foi uma loucuuuura, Brasil! E só consegui parar agora para fazer o resumo da semana. Acho que dá pra perceber que o nível da maquiagem vai totalmente de acordo com o meu humor, né?
Mas vamos lá que já são quase vinte dias de desafio e até agora não perdi um! 🙂

20150126_065836

 

Dia 15 – Teddy Bear – Maybelline
Lembro direitinho de ver um vídeo da Julia Petit numa noite e no dia seguinte entrar na primeira farmácia que apareceu na minha frente para ir atrás dele. É um marronzinho rosado tão, tão lindinho! ❤
Fora esse nome fofo que também me conquistou no dia que vi o vídeo. Acho ele perfeito pra segundas-feiras que é quando eu geralmente estou com um pouco de preguiça, mas não tanta a ponto de não usar nada!
Acabamento mate e não dura tanto quanto eu preciso, mas não me incomodo em ter de retocar de vez em quando. 🙂

20150127_065421

Dia 16 – Tea Rose da Nyx
Um dos meus tons de rosa favoritos! Especialmente no inverno pra usar com uma sobra marrom.
Mas é claro que o Brasil não tá dando trégua no calor então a gente inventa outros jeitos de usar!
Adoro a textura dele, dura bastante e tem aquele acabamento mate (porém hidratante!) que já comentei em outros batons da Nyx.20150128_070553
Dia 17 – Heroine da MAC
Fiquei apaixonada por esse batom desde o dia em que vi uma foto de uma amiga minha usando. Para a minha tristeza ele estava esgotado no Brasil e para minha felicidade minha irmã trouxe do Dutyfree voltando de viagem na terça-feira! Não resisti e quis usar logo no dia seguinte.
Minha profissão me permite “ousar” um pouquinho mais nas cores e esse batom me rendeu até pontos positivos com uma autora durante uma reunião, mas não recomendo para usar de manhã para quem tem uma profissão mais “séria”.
A boa notícia para quem quiser é que uma amiga encontrou hoje o batom na MAC do Shopping Morumbi! #todascorre
É MAC, é minha marca favorita para batons, a textura é ótima e dura ETERNAMENTE! Sério, gente, oito da noite e eu ainda de boca roxa!

20150129_070344

Dia 18 – Berry Smoothie da Revlon
Já dá pra ver que depois de quarta-feira meu humor começou a despencar?
Meu olho já todo caído e cansado… mas ok, ok: foca no batom!
O dia que inventarem batons brilhantes que não fiquem pegajosos na boca eu vou amar! Essa cor foi uma surpresa boa, porque não me lembrava bem dela e achei linda, linda, linda! Não dá para ver bem nas fotos, mas o batom é cheio de glitter.
Problema: passar esse batom, estar de cabelo solto e um vento bater. GENTE, é batom na cara toda! Por isso aproveitei pra usar coque. 🙂

20150130_092905

Dia 19 – Sand Shimmer – Maybelline
Quem viu meu post no instagram hoje deu de cara com a seguinte frase: “Hoje é sexta, essa semana foi puxada, eu tô mal humorada, não passei base, nem BB Cream, essa cor é detestável e vai direto pro lixo haha!”
E vai mesmo, gente! Que batonzinho horrendo! Foi a segunda sexta-feira seguida que errei e detestei o batom. Esse é um daqueles casos que eu penso “por que em nome de Jesus eu tenho isso?”, deve ter sido um presente ou sei lá o quê. E vai pro lixo, não só porque eu detestei a cor, mas também porque está prestes a vencer! Se não estivesse podia até pensar em alguma amiga que ficasse bem com a cor e dar de presente.

Boa sexta e que o final de semana renove todos nós, porque MEU PAI, hoje foi difícil…!

Desafio um batom por dia – Semana 3

Pra começar, eu acho que não me planejei bem pra esse desafio e gastei a maioria dos meus batons queridinhos no começo (o que não é nenhum drama pra quem tem 54 cores. Ficar sem opção eu não vou, certo?). O problema é a saudade (é, gente, saudade!) daqueles que eu costumava usar mais! Mas a ideia era justamente essa, tirar as cores menos amadas do armário e botar todos em uso, até pra começar a pensar o que eu vou fazer com aqueles batons que eu tenho e não gosto (sugestões?). Vamos lá:

Dia 10Dia 10 – Pink Plaid da Mac
Ah! Como eu amo os batons da Mac. Não tenho nem o que falar, as cores são sempre lindas, duram muito e deixam os lábios hidratados. O que gosto mais é que o efeito mate fica bem sequinho, mas sem deixar os lábios ressecados.

Dia 11

Dia 11 – Peach Parfait da Revlon
Um dia cheio de preguiça que quase não me maquiei e um batom que é quase um gloss. Depois de passar eu vi mais brilho do que cor e mesmo assim tive que passar várias camadas pra começar a sentir alguma diferença. Definitivamente vai demorar pra querer usar de novo… a textura é cremosa e, por conta das várias camadas, a boca fica meio “caca”, pegajosa. Não fiquei feliz! 😦

Dia 12

Dia 12 – Coralíssima – Quem Disse Berenice
Amo de paixão essa cor da Quem Disse. Também é outra marca que tem meus “mates” favoritos. Além de cores sempre alegres e que chamam bastante atenção o acabamento é sequinho, mas sempre com leve brilho para deixar os lábios com um aspecto saudável!

Dia 13

Dia 13 – Tutti Frutti da Avon (Colortrend)
Não lembrava que tinha essa cor (eee, valeu desafio!) e adorei! Acho que o que me mantinha longe desse batom é que a cor que ele aparenta ter não é a que fica nos lábios (grazadeus!). Na foto não dá pra ver bem, mas na embalagem o batom rosa do batom parece estar meio “sujo” de brilhos amarelos (não dourado). Uma coisa bem esquisita! Mas é isso, dei outra chance pra ele, e agora já sei que é amor! ❤
Único porém: não dura muito e tive que reaplicar umas três vezes durante o dia.

Dia 14

Dia 14 – Número 49 da Vult
Vou ser cricri, me aguentem. Só tive três batons da Vult na vida e NÃO consigo me apaixonar por eles. Aliás, um deles vocês não terão a oportunidade de ver porque meu cachorro comeu 😦 ! Por que não gosto da marca: primeiro porque adoro nomes fofos de batom (isso me diverte!) e não sou boa para decorar números (ok, ok, tô sendo chata). Segundo porque QUE EMBALAGEM PRECÁRIA! Gente, não teve um deles que não se arrebentou na minha bolsa durante um dia corrido em São Paulo. Esse mesmo de hoje está todo torto e me deu o maior trabalho para passar. E não venham me dizer que eu sou descuidada porque tenho um espacinho todo especial para os meus batons na bolsa! A embalagem é fraca, quebra e racha fácil, o produto fica torto com qualquer sacolejo de metrô e nunca dei de cara com uma cor deles que me fizesse suspirar. Sujo toda minha mão pra passar e sou dessas que não tem paciência pra pincelzinho de lábio logo cedo!
E só pra ninguém dizer que eu não disse nada de bom dele: a cor é bonita e a textura é gostosa nos lábios.

É isso! 🙂

Desafio um batom por dia – semana 2

Bom dia, meninas!

Hoje é dia do resumo da semana com todos os batons que usei! Confesso que já comecei a sentir mais dificuldade para usar todos os batons. Não que faltem cores, mas às vezes a gente fica tão habituada a só usar os favoritos, né? O desafio é justamente para tirar essas cores da gaveta e ainda tem muita cor querendo aparecer! 😉

Vamos lá!

IMG_20150112_074013

 

Dia 5 – Rouge Volupté da Yves Saint Laurent (YSL)
Não usava essa cor fazia séculos e gostei bastante apesar do acabamento brilho não ser um dos meus favoritos. Não curti muito a sensação dele nos lábios, fica meio “escorregando” e fiquei paranoica olhando o espelho a cada 5 minutos para conferir se não tinha borrado. Sai fácil, mas durou até a hora do almoço, quando tive que reaplicar.

IMG_20150113_074256

 

Dia 6 – Sweet Pink da NYX
Eu estou completamente obcecada com esse batom! Comprei em dezembro para usar no réveillon e amo tudo nele! A cor (principalmente a cor!), a textura, o acabamento que é mate, mas não deixa os lábios secos, a durabilidade e o preço amigo! Os batons da Nyx com acabamento tem uma textura mais suave, quase como a de batons “brilho” no momento em que aplicamos, mas rapidamente o batom seca e o efeito mate aparece.

IMG_20150114_073741

Dia 7 – Oh my berry! da Maybelline
Batom bom e barato que a gente acha em qualquer farmácia! A foto não faz jus a cor que é um rosa puxado para o vinho (ou para as berries!) beeem lindinho, gosto dele para aqueles dias em que estou indecisa se quero vermelho ou rosa. Dura bem e mesmo depois de comer ainda tinha uma corzinha nos lábios!

IMG_20150115_074049

Dia 8 – Salsa Intenso da Contém 1g
A cor da discórdia haha! Recebi todos os tipos  de comentários sobre esse batom: quem gostou, gostou muito e quem não gostou, detestou! Eu realmente acho esse tom de rosa bem difícil de usar, não sei bem explicar o por quê, mas sempre que quero usar esse tom já fico pensando num olho diferente para fazer. Acho que é porque ele fica bem “apagado” para quem está acostumada a usar batons mais fortes. O acabamento dele é acetinado que é o meio termo entre brilho e mate. O que não gosto nele é que tenho que aplicar várias camadas até chegar a essa cor, uma camada só deixa os lábios bem estranhos e mal pigmentados.

IMG_20150116_073724

Dia 9 – So Rouge da Bourjois
Tenho vários tons de vermelho (assim como de rosa!), mas não sabia bem por qual começar. Comprei esse batom da Bourjois faz alguns anos e quase já não conseguia mais ler o nome da cor. Acho que foi o primeiro batom “mais caro” que comprei quando meu amor por batons começou. E claro que começou por vermelho! Vejo muitas amigas minhas dizerem que não ficam bem de vermelho, mas tenho certeza que é uma questão de costume e “conjunto”, sabe? Não adianta testar um batom vermelho de cara lavada, tem que dar uma chance, poxa! 🙂
Na minha opinião, depois que a gente se arrisca no vermelho, e aprende a gostar, vem a coragem para sair testando todas as cores do mundo!

Maquiagem deixa a gente mais bonita, mas também serve para se divertir! Tem que brincar e testar!

A Crise do 50 e tantos batons

Oi, meu nome é Mayara Facchini e eu sou viciada em batons. (Qual seria o nome do “AA” de maquiagem?)

Mulherada, a verdade é que eu planejo esse post desde 2014, mas não tinha encontrado a melhor forma de fazer isso até a semana passada!

Era uma segunda à noite quando me veio o estalo: vou desafiar a mim mesma e me obrigar a usar um batom por dia. Assim posso usar todos eles, falar sobre eles, e arranjar uma bela desculpa caso a fraqueza vença e eu compre mais um (ou alguns…)!

Todos os dias (exceto fds, ok?) posto a foto, o nome e a marca de cada um no instagram, com as hashtags #desafioumbatompordia e #umbatompordia . Para quem se sentir desafiada, vou adorar ver as cores e fotos de vocês! 🙂

A ideia é também fazer  um resumão ao fim de cada semana com uma pequena resenha de cada um para dar minha opinião para vocês!

Esse post, é claro, vai ser exceção e sair na segunda para resumir os da semana passada!

Semana 1

 

 

Dia 1 – Flat Out Fabulous da MAC.
Esse é um dos meus queridinhos e eu já estou com saudades só de pensar que só vou poder encostar nele depois de usar todos os outros! ;(
É beeem mate e dura bem. Para mim, vai até a hora do almoço sem ter que retocar, mas é claro que depois da comida, batom nenhum resiste.

Dia 2 – Coralosa da Quem Disse Berenice
Tenho que confessar que sou um pouco anti-batons de acabamento brilho. Não me dou bem com eles! Borram fácil, saem logo e costumam transferir para qualquer copo num segundo. Mas faço um esforço quando a cor é tão linda quanto essa! Bem verão, esse coral meio-rosa/meio-vermelho eu não abro mão de ter. 🙂

Dia 3 – Bangkok da Nars
Esse batom e eu foi um caso de amor à primeira vista! Daqueles que te gritam na prateleira, sussurram no seu ouvido o quanto são lindos e depois te vencem num segundo quando você se olha no espelho (sim, sim, eu sou surtada e tenho esse tipo de diálogo com batons!). O acabamento é mate, mas tem um tiquinho de brilho que deixa os lábios com uma aparência bem saudável. Ai, esse tom de rosa! ❤

Dia 4 – Pimentada da Quem Disse Berenice
Esse também é um dos meus favoritos! Lembro direitinho de ler sobre como a cor foi elaborada a partir da junção de mel com pimenta, e correr para a loja mais próxima no dia seguinte! Um laranja avermelhado lindo, lindo que tem um cheirinho gostoso de mel com pimenta mesmo. (E não é ardido, tá? XD)

Espero que gostem e quero ver as cores de vocês!

De Aurora a Malévola

AM

Resolvi fazer meu primeiro tutorial de maquiagem e logo entrei em crise! Comprei tantas coisas e estava com tantas ideias que mal sabia por onde começar.  Mas depois de bater o olho na minha nova paleta de sombras da MAC (da coleção especial inspirada no novo filme da Disney “Malévola”) decidi!

Eu adoro as princesas e geralmente me apaixono por maquiagens simples e doces, mas hoje resolvi ser vilã! E achei que seria legal ensinar como transformar um look simples e básico do dia a dia em uma maquiagem mais pesada para a noite.

O que eu usei

Produtos_AM

Para a pele, usei minha base da Bobbi Brown e a paleta de corretivo da Make Up Forever, mas a sua base favorita e seu corretivo com certeza serão perfeitos!

Para o look Aurora usei:

* Blush Hervana da Benefit (porque ele dá todo esse toque angelical e leve que eu queria)
* Benebalm rose da Benefit (porque ele dá uma corzinha bem natural nos lábios sem ficar com cara de batom)
* Rímel Hypnose da Lâncome (porque é meu favorito, mas qualquer outro que deixe os cílios bem longos faz o mesmo efeito)
* Delineador Tattoo Liner da Kat Von D (porque, gente, é BEM preto e o traço sai fininho)
* Naked Palette 3 (porque tem cada tom de rosa e marrom que eu até suspiro…)

Para o look Malévola:

* Batom So Rouge da Bourjois (porque é vermelhão, mas um pouco queimado e não é mate)
* Bronzeador BareMinerals cor Skinny Dip (porque ele é bem leve e fácil de trabalhar)
* Paleta de sombras Maleficent da MAC (porque foi minha inspiração e quis usar todinha)
* Lápis preto Duda Molinos (porque tem a esponja na outra ponta e facilita na hora de esfumar)
* e repeti o delineador e o rímel para facilitar a vida, né?

Look Aurora

Passos_A2

 1. A primeira coisa é preparar a pele. Certifique-se de que ela está limpa e bem hidratada antes de aplicar a base, assim ela ficará com um aspecto natural e também vai facilitar na hora de espalhar o produto. Quem quiser que a maquiagem dure mais tempo, pode aplicar um primer nessa fase.

2. Apliquei a base, usei o corretivo na região abaixo dos olhos e também em alguns pontos vermelhos. Deixei secar um pouco e preferi não utilizar pó para que a pele ficasse com um pouco de brilho. Em seguida já apliquei o blush.

3. Usei a cor Strange da Naked 3 para fazer a base dos olhos. Passei algumas camadas para que a pálpebra ficasse bem clarinha, na foto parece que a cor é branca, mas na verdade é um rosa beeem clarinho. O legal aqui é escolher um tom que se aproxime da sua pele para que a maquiagem fique com um tom bem natural.

4. Usei a cor Nooner da Naked 3 para marcar o côncavo e dar um pouco de profundidade. É um rosa um pouco mais escuro e queimado, levemente puxado para o marrom.

5. Fiz uma linha bem fina com o delineador e não puxei muito mais do que o traço natural dos cílios, porque dessa forma a linha vai servir mais como um truque depois do rímel. Vai dar a impressão de mais volume para os cílios.

6. Completei com algumas camadas de rímel e também apliquei o Benebalm nos lábios. Eu adoro o efeito natural que ele deixa, e além disso hidrata muito!

Look Malévola

Passos_M2

Para os olhos da Malévola, usei apenas as sombras da paleta da Malévola da MAC, são quatro cores: Goldmine (um dourado brilhante), Ground Brown (um marrom mate, bem forte, cor de terra), Carbon (preto mate), Concrete (um marrom mais claro e acetinado)

1. Apliquei em toda a pálpebra a cor Goldmine e em seguida marquei bem de leve o côncavo com a cor Concrete.

2. Do meio da pálpebra até a parte externa apliquei a cor Ground Brown, de forma que as duas cores ficassem divididas de forma bastante “quadrada”. Às vezes é mais simples conseguir o efeito degradê fazendo isso primeiro.

3. Com um pincel macio de esfumar e usando muito pouco a cor Concrete, esfumei a linha que dividia as cores dourada e marrom para conseguir o efeito degradê. Em seguida, usando a cor Ground Brown e um pincel lápis, puxei bastante a sombra para fora. Me inspirei nos chifres da Malévola para fazer o puxado do olho. Queria que de alguma forma a maquiagem lembrasse ela, mas que também fosse possível usar por aí sem ficar exagerado.

4. Apliquei de novo o delineador com uma linha fina, para dar só um efeito de volume nos cílios e também para que a sombra ficasse mais evidente. Mas quem quiser usar um delineador mais grosso vai conseguir um efeito bem legal também!

5. Passei o lápis preto do Duda Molinos na linha d’água e esfumei com a esponja, em seguida usei a cor Carbon para esfumar abaixo dessa mesma linha. No filme, a Malévola tem as bochechas bastante marcadas. Então aproveitei para fazer um pouco de contorno com o bronzeador.

6. Para finalizar, apliquei o batom e passei um pouquinho de sombra branca abaixo das sobrancelhas, só para levantar um pouco o olhar.

 

É isso, meninas! Espero que tenham gostado. As maquiagens da coleção Maleficent MAC devem chegar no Brasil ainda em junho. Além do jogo de sombras tem batom, esmalte, delineador, cílios postiços… tudo para deixar a gente entrando em crise e querendo tudo!